28 | Lab rat | Portugal

The credits of the photos/videos that I post here go to their respective owners.Please feel free to contact me if you don't want your material to be posted here.

my other tumblr *Geiko-san & Maiko-san*

29th dezembro 2013

Fotografia com 229 notas

Torii at Fushimi Inari-taisha, Kyoto (by german vidal)

Torii at Fushimi Inari-taisha, Kyoto (by german vidal)

Marcadas: kyototoriifushimi inari

()

Fonte: Flickr / germanvidal

17th novembro 2013

Fotografia com 6 notas

Kyoto – 17 (by basilstrahm)

Kyoto – 17 (by basilstrahm)

Marcadas: kyotoFushimi Inaritorii

()

Fonte: flickr.com

15th novembro 2013

Fotografia reblogou de Japanologia com 14 notas

japanologia:

浜松大本山方広寺半僧坊 - Hamamatsu Daihozan Hōkoji Hansōbō
Between some houses and small restaurants an alley stood out with a big red sign hanging on poles, pointing the way to the temple. When crossing the route we come across those traditional restaurants and shops, all closed and with signs written with old Japanese characters no longer practiced. Certainly at that point I could notice a change of atmosphere in contrast to the Hamamatsu daily life. All houses, shops and restaurants closed caused me strong impression. Quite distant from the center, it seemed at that moment that we were visiting the - remote - Japan, with sounds, images and smells quite different from the urban commotion. We were “literally” leaving our reality and stepping into sacred space, when we finally had access to the entrance of the temple. The construction of Daihonzan Hokoji Hansobo dates from 1371, being the headquarters of one of the most important Buddhist schools of Japan, the Rinzai School. The whole complex is arranged in several buildings on the mountain, interconnected by numerous paths amidst ancient cedar trees throughout its territory. What marks the Daihonzan Hokoji are 500 small stone figurines representing the monks of the temple, the Gohyaku Rakan (五百 罗汉), distributed throughout the territory. Each figurine has a little less than a meter high, with some of them hidden in the mountain, covered with moss, while others blend with the landscape completely hidden by bushes, which reminded me instantly the Japanese animation Spirited Away (千 と 千尋 の 神隠し)… — Entre algumas casas e pequenos restaurantes uma viela se destacava com uma grande tabuleta pendurada em postes vermelhos, apontando o caminho para o templo. Ao atravessar o percurso nos deparamos com restaurantes e lojas de produtos típicos, todos fechados e em cujas placas na entrada traziam caracteres de um japonês mais antigo e não mais praticado. Certamente que naquele ponto já podia perceber uma mudança gritante de atmosfera em contraste com a Hamamatsu do meu dia-a-dia, apesar de ainda estar na mesma cidade. Todas as casas, lojas e restaurantes fechados me causaram forte impressão.  Bastante distantes do centro, parecia naquele momento que estávamos no interior – remoto – do Japão, cujos sons, imagens e os próprios cheiros eram bastante diferentes do fuzuê citadino. Nós “literalmente” estávamos saindo “da realidade e adentrando em espaço sagrado”, quando finalmente tivemos acesso ao pórtico de entrada do templo. A construção do Daihonzan Hokoji Hansobo data de 1371, sendo a sede de uma das escolas budistas mais importantes do Japão, a Escola Rinzai. O complexo todo é disposto em vários prédios na montanha, interligados por inúmeros caminhos no meio de antigas árvores de cedro em toda a sua extensão.  O que marca o Daihonzan Hokoji são as 500 pequenas estatuetas de pedra representando seguidores/monges do templo, o Gohyaku Rakan (五百羅漢), distribuídos em todo o território. Cada estatueta tem pouco menos de um metro de altura, com algumas “se escondendo” na vegetação por estarem cobertas de musgo, enquanto outras se misturam à paisagem completamente escondidas por arbustos, o que me lembrou no mesmo instante a animação japonesa A Viagem de Chihiro (千と千尋の神隠し)…  by/por Victor Hugo Kebbe

japanologia:

浜松大本山方広寺半僧坊 - Hamamatsu Daihozan Hōkoji Hansōbō

Between some houses and small restaurants an alley stood out with a big red sign hanging on poles, pointing the way to the temple. When crossing the route we come across those traditional restaurants and shops, all closed and with signs written with old Japanese characters no longer practiced.

Certainly at that point I could notice a change of atmosphere in contrast to the Hamamatsu daily life. All houses, shops and restaurants closed caused me strong impression. Quite distant from the center, it seemed at that moment that we were visiting the - remote - Japan, with sounds, images and smells quite different from the urban commotion. We were “literally” leaving our reality and stepping into sacred space, when we finally had access to the entrance of the temple.

The construction of Daihonzan Hokoji Hansobo dates from 1371, being the headquarters of one of the most important Buddhist schools of Japan, the Rinzai School. The whole complex is arranged in several buildings on the mountain, interconnected by numerous paths amidst ancient cedar trees throughout its territory.

What marks the Daihonzan Hokoji are 500 small stone figurines representing the monks of the temple, the Gohyaku Rakan (五百 罗汉), distributed throughout the territory. Each figurine has a little less than a meter high, with some of them hidden in the mountain, covered with moss, while others blend with the landscape completely hidden by bushes, which reminded me instantly the Japanese animation Spirited Away (千 と 千尋 の 神隠し)…



Entre algumas casas e pequenos restaurantes uma viela se destacava com uma grande tabuleta pendurada em postes vermelhos, apontando o caminho para o templo. Ao atravessar o percurso nos deparamos com restaurantes e lojas de produtos típicos, todos fechados e em cujas placas na entrada traziam caracteres de um japonês mais antigo e não mais praticado.

Certamente que naquele ponto já podia perceber uma mudança gritante de atmosfera em contraste com a Hamamatsu do meu dia-a-dia, apesar de ainda estar na mesma cidade. Todas as casas, lojas e restaurantes fechados me causaram forte impressão.

Bastante distantes do centro, parecia naquele momento que estávamos no interior – remoto – do Japão, cujos sons, imagens e os próprios cheiros eram bastante diferentes do fuzuê citadino. Nós “literalmente” estávamos saindo “da realidade e adentrando em espaço sagrado”, quando finalmente tivemos acesso ao pórtico de entrada do templo.

A construção do Daihonzan Hokoji Hansobo data de 1371, sendo a sede de uma das escolas budistas mais importantes do Japão, a Escola Rinzai. O complexo todo é disposto em vários prédios na montanha, interligados por inúmeros caminhos no meio de antigas árvores de cedro em toda a sua extensão.

O que marca o Daihonzan Hokoji são as 500 pequenas estatuetas de pedra representando seguidores/monges do templo, o Gohyaku Rakan (五百羅漢), distribuídos em todo o território. Cada estatueta tem pouco menos de um metro de altura, com algumas “se escondendo” na vegetação por estarem cobertas de musgo, enquanto outras se misturam à paisagem completamente escondidas por arbustos, o que me lembrou no mesmo instante a animação japonesa A Viagem de Chihiro (千と千尋の神隠し)…

by/por Victor Hugo Kebbe

Marcadas: torii

()

8th setembro 2013

Fotografia com 889 notas

空也の滝 (by CiccioNutella)
空也の滝 Kuya-no-taki waterfall, near Kiyotaki Village - Kyoto

空也の滝 (by CiccioNutella)

空也の滝 Kuya-no-taki waterfall, near Kiyotaki Village - Kyoto

Marcadas: kyototoriishrine

()

Fonte: Flickr / fotomagnum

4th julho 2013

Fotografia reblogou de Fuck Yeah Japanese com 221 notas

Marcadas: japantempletoriisakura

()

28th maio 2013

Fotografia com 39 notas

鳥居の道 (by okazak)

鳥居の道 (by okazak)

Marcadas: fushimi inarikyototorii

()

Fonte: Flickr / okazak

15th abril 2013

Fotografia com 14 notas

Fushimi Inari * 伏見稲荷大社 (by strichcode)

Fushimi Inari * 伏見稲荷大社 (by strichcode)

Marcadas: kyotofushimi inaritorii

()

Fonte: flickr.com

15th abril 2013

Fotografia reblogou de The Chambers of the Sea com 1 395 notas

Marcadas: torii

()

9th abril 2013

Fotografia com 9 notas

春に祈る (by Shibazo)

春に祈る (by Shibazo)

Marcadas: kyotokimonotoriishrine

()

Fonte: Flickr / shibazo

9th abril 2013

Fotografia com 5 notas

嵐電直結 (by Shibazo)

嵐電直結 (by Shibazo)

Marcadas: japankyototorii

()

Fonte: Flickr / shibazo